Segunda, 17 de Junho de 2024
26°

Tempo nublado

Ibaiti, PR

Educação Ensino Superior

Com apoio do Estado, Unioeste inaugura escritório acadêmico de engenharia e arquitetura

Iniciativa é do Projetek, programa desenvolvido pelas sete universidades estaduais para atender, de forma gratuita, demandas por projetos de obras...

07/06/2024 às 18h41
Por: Redação Fonte: Secom Paraná
Compartilhe:
Foto: SETI
Foto: SETI

A Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste) inaugurou quinta-feira (5) as novas instalações do Escritório de Projetos Executivos de Engenharia e Arquitetura (Projetek), no câmpus de Cascavel. A iniciativa recebeu aporte financeiro da ordem de R$ 980 mil do Governo do Estado, por meio do Fundo Paraná de fomento científico e tecnológico, fonte de recursos administrada pela Secretaria da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Seti).

O Projetek é um programa governamental coordenado pela Seti e desenvolvido pelas sete universidades estaduais. O objetivo é atender, de forma gratuita, demandas por projetos de obras públicas de pequenos municípios, com população de até 30 mil habitantes, em conformidade com a legislação vigente para serviços de engenharia na Administração Pública.

Durante a cerimônia, também foi anunciado novo aporte financeiro para a Unioeste, no valor de R$ 24,7 milhões, no âmbito do Programa de Apoio à Infraestrutura das Universidades Estaduais (Proinfra). Lançado em março deste ano , esse programa irá promover a melhoria da infraestrutura e a conclusão de obras paralisadas nas sete instituições estaduais de ensino superior. Na Unioeste, o recurso será aplicado em ações de prevenção de incêndio e acessibilidade, a fim de garantir a segurança e mobilidade à comunidade acadêmica.

Do montante liberado pelo Estado para o escritório do Projetek, R$ 444,34 mil foram destinados para investimento na readequação e modernização do espaço físico. O restante, R$ 535,69 mil, foi aplicado em custeio para aquisição de mobiliários, equipamentos de informática e softwares específicos para o desenvolvimento de projetos de engenharia. São dois ambientes climatizados, equipados com 24 computadores com alta performance e capacidade de processamento e lousas interativas, que combinam superfície escrita com recursos digitais.

Os projetos são elaborados com emprego de tecnologia BIM (sigla em inglês para modelagem de informações da construção, em tradução livre), que possibilita o desenvolvimento de modelos virtuais das edificações e instalações, com atuação simultânea e colaborativa das áreas envolvidas. Entre os serviços ofertados estão infraestrutura urbana e predial, incluindo projetos de drenagem e pavimentação de ruas, creches e escolas, postos de saúde, entre outros empreendimentos.

Para o secretário estadual da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Aldo Nelson Bona, o Projetek assume papel de destaque para a infraestrutura dos pequenos municípios. “A experiência do corpo docente que atua nesses escritórios acadêmicos contribui para a otimização de recursos municipais, auxiliando os gestores públicos na elaboração de projetos eficientes e na implementação de soluções inovadoras para superar desafios na área de infraestrutura urbana, com economia de custos”, afirmou.

ENTREGAS– Durante a cerimônia de inauguração das novas instalações universitárias foram entregues os primeiros projetos externos desenvolvidos pela equipe do Projetek da Unioeste. O primeiro é um projeto básico de arquitetura para reforma, ampliação e adequação às normas da saúde do Hospital Municipal Felicita Sanson Arrosi, localizado em Ibema, no Centro-Sul do Estado. O segundo projeto é para ampliação do Centro Municipal de Educação Infantil Pequeno Príncipe e da Escola Municipal Cecília Meirelles, de Iguatu, no Oeste do Paraná.

A equipe do escritório acadêmico é formada por oito bolsistas de engenharia civil, sendo quatro estudantes de graduação e quatro profissionais já formados. A unidade acadêmica envolve, ainda, cinco professores orientadores das áreas de arquitetura e urbanismo (1), engenharia agrícola (1) e engenharia civil (3).

CIÊNCIA EM MOVIMENTO – Durante visita ao campus da Unioeste, o secretário Aldo Bona conheceu o projeto Ciência e Movimento, que recebeu apoio financeiro no valor de R$ 185,9 mil do Fundo Paraná. Com foco na divulgação científica, a iniciativa consiste num espaço itinerante que reúne atividades de pesquisa, ensino e extensão da Unioeste. O projeto será levado para escolas localizadas nas regiões Oeste e Sudoeste do Paraná.

O investimento público foi destinado para aquisição de equipamentos audiovisuais e outros itens, como um planetário inflável. O equipamento pode ser instalado em diferentes locais, como escolas, praças públicas, parques, festivais e outros espaços de fácil acesso para a população. O projeto também promove os cursos de graduação e pós-graduação da Unioeste, além de outras ações desenvolvidas pela instituição estadual de ensino superior.

O reitor da Unioeste, Alexandre Webber, destacou a importância do investimento no ensino superior. “No ano passado recebemos investimento de R$ 30 milhões e começamos 2024 com investimento de mais R$ 25 milhões, um apoio importante para a curricularização e extensão universitária, que nos aproxima cada vez mais da sociedade”, salientou.

SUSTENTABILIDADE– A Unioeste inaugurou, ainda, um jardim suspenso na passarela que interliga os blocos A e B do campus de Cascavel, contribuindo para a ampliação de espaços verdes no ambiente acadêmico. Com investimento de R$ 239,8 mil, a iniciativa usa o conceito de arquitetura biofílica, que prioriza o emprego de materiais ecologicamente corretos, como madeira certificada, vidros de baixo consumo energético, tintas naturais e revestimentos orgânicos.

Ibaiti, PR Atualizado às 15h03 - Fonte: ClimaTempo
26°
Tempo nublado

Mín. 12° Máx. 26°

Ter 27°C 11°C
Qua 28°C 11°C
Qui 28°C 13°C
Sex 27°C 11°C
Sáb 28°C 13°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Ele1 - Criar site de notícias