Clima em
ºC MAX  ºC MIN
PRINCIPAL
NOTÍCIAS
Motorista morre em acidente próximo ao trevo da morte em Ibaiti
Agrecelio de Oliveira Garcias teve morte instantânea
29.SETEMBRO.2012

Um grave acidente tirou a vida de Agrecelio de Oliveira Garcias, de 29 anos de idade no KM 104 da BR-153, próximo ao “trevo da morte” em Ibaiti.

Garcias conduzia o Ford/Hobby, prata, placas BHP-0067 sentido Distrito Vila Guay, onde residia com a família no sítio São João, bairro Galvão, quando invadiu a pista contrária e colidiu de frente com o caminhão MB-1215C, da empresa Concrenorte, conduzido por Edivaldo Noel Francisco que seguia de Santo Antonio da Platina para Ibaiti.

Com o choque o veículo de Garcias entrou embaixo do caminhão ficando preso nas ferragens. Outro caminhão pertencente à mesma empresa vinha atrás e conseguiu desviar do primeiro caminhão que parou no meio da pista. O acidente aconteceu por volta das oito horas da noite e a temperatura estava baixa, em torno de 13º. A velocidade do vento em torno de 9 km/h, a umidade relativa do ar estava por volta de 60%.

Unidades de emergência do Serviço de Atendimento Móvel de Emergência – SAMU e Corpo de Bombeiros estiveram no local. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) e a Polícia Civil também estiveram na ocorrência.

Foi necessário um caminhão guincho conhecido como “muke” para retirar os destroços do veículo de Garcias debaixo do caminhão. O tráfego na rodovia ficou em meia pista por quase duas horas.

O corpo de Garcias foi encaminhado ao Instituto Médico Legal – IML de Jacarezinho. O delegado Pedro Dini Neto, chefe da 37ª DRP de Ibaiti instaurou inquérito policial para apurar as causas do acidente. Muitas pessoas se aglomeram no local no momento do resgate do corpo. A PRF teve muito trabalho para conter o movimento de veículos e caminhões no trecho que é um dos mais perigosos na região.

Nove pessoas já morreram e vários acidentes aconteceram no entroncamento existente entre a BR-153 e a PRC-272 (Ibaiti/Japira), em frente à Cooperativa Integrada, o chamado “Trevo da Morte”.

Grande parte dos acidentes com vítimas fatais ocorreram após o Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte (DNIT) entregar a restauração da pista, o que aconteceu em 30 de outubro de 2009. Foram gastos quase 42 milhões de reais na restauração da rodovia no trecho entre o Km 51,60 em Santo Antonio da Platina ao Km 110,3 em Ibaiti. No total foram 58,7 quilômetros de asfalto restaurados. Somente em Ibaiti o DNIT construiu três novos viadutos e dois túneis para passagem de pedestres.

No início deste ano o DNIT instalou lombadas e radares eletrônicos no trevo e desde então nenhum acidente foi registrado no local. O acidente ocorrido na noite de ontem (28), foi cerca de 800 metros do “trevo da morte”.

O motorista do caminhão não sofreu ferimentos
FOTOS
 

Comentários

comentários

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
E-mail: comercial@informepolicial.com - reportagem@informepolicial.com
Nota: As matérias assinadas são de responsabilidade de seus autores.
© Informe Policial 2008 - 2015 - Todos os Direitos Reservados à MZA Publicidades