PRINCIPAL
NOTÍCIAS


Homem fica preso nas ferragens de veículo em primeiro acidente no trevo de Japira após retirada do radar pelo Dnit
Redação InformePolicial
23.ABRIL.2019

 

Um acidente registrado na noite desta segunda-feira (22), no KM 99 da BR-153, trevo de Japira, deixou uma pessoa pressa as ferragens do veículo.

Fernando Montalvão Borges de 38 anos anos conduzia um Fiat Strada com placas de Cambé quando viajava de Japira para Ibaiti, atravessou a rodovia sendo colhido pelo caminhão que seguia de Ibaiti para Santo Antônio da Platina.

O condutor do caminhão, Carlos Ricardo Andreazi (37), não sofreu ferimentos.

O motorista do Fiat ficou preso nas ferragens do carro e precisou ser resgatado pelo Corpo de Bombeiros de Ibaiti que usou o desencarcerador para liberar o homem. 

Apesar da gravidade do acidente, Fernando teve apenas lesões leves.

Este é o primeiro acidente registrado no trevo de Japira após a retirada do radar pelo Dnit em fevereiro deste ano.

Os três radares da BR-153, entre Ibaiti e Conselheiro Mairinck foram desativados por determinação do Dnit.

O motivo é o fim dos contratos de manutenção dos aparelhos, que estão instalados em todas as estradas administradas pelo Dnit. O órgão explica que as empresas que prestavam os serviços de manutenção esperavam que os contratos anteriores fossem renovados em caráter de emergência. No entanto, a nova administração considerou que era preciso escolher novamente as empresas que realizariam o serviço.

Em nota, o Dnit informou que o problema atinge as rodovias federais em todo o Brasil. Conforme o órgão, os contratos se encerraram no dia 14 de janeiro e foram remodelados em 24 lotes. Desses, 17 já receberam ordem de serviço e estão em execução.

Os três equipamentos na BR-153 registram mais de 150 notificações por dia. Só o radar na curva da Vila Santo Antônio em Ibaiti registra uma média 1.500 notificações por mês por excesso de velocidade. 

Em abril a juíza da 5ª Vara Federal Civel de Brasília, Diana Wanderlei, determinou que o governo federal se abstenha de retirar radares das rodovias e impôs a renovação, em caráter de emergência, de contratos com concessionárias que fornecem os medidores de velocidade. A magistrada atende a ação popular movida contra a União após declarações do presidente Jair Bolsonaro em seu Twitter. Determinou ainda a multa R$ 50 mil por unidade retirada.

Os radares de Ibaiti, Japira e Conselheiro Mairinck seguem desativados.

Mortes

Nove pessoas morreram no entroncamento existente entre a BR-153 e a PRC-272 (Ibaiti/Japira), em frente à Cooperativa Integrada, o chamado "Trevo da Morte".

Grande parte dos acidentes com vítimas fatais ocorreram após o Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte entregar a restauração da pista, o que aconteceu em 30 de outubro de 2009. Foram gastos quase 42 milhões de reais na restauração da rodovia no trecho entre o Km 51,60 em Santo Antonio da Platina ao Km 110,3 em Ibaiti. 

Os acidentes aconteceram até 2012 quando os radares foram instalados.

Veja Também
FOTOS
 
 

 

 

Comentários

comentários

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
E-mail: comercial@informepolicial.com - reportagem@informepolicial.com
Nota: As matérias assinadas são de responsabilidade de seus autores.
© Informe Policial 2008 - 2019 - Todos os Direitos Reservados