PRINCIPAL
NOTÍCIAS


Escolas paranaenses aproveitam campanha do Setembro Amarelo para oferecer apoio aos estudantes durante a pandemia
Durante todo os dias do período as organizações de todos os âmbitos da sociedade promovem ações e divulgam mensagens sobre a temática, e nas escolas do estado do Paraná não foi diferente.
Redação InformePolicial com assessoria
24.SETEMBRO.2020
Divulgação Divulgação

O mês de setembro é marcado no Brasil pelas campanhas voltadas à prevenção do suicídio e conscientização sobre a saúde mental. Durante todo os dias do período as organizações de todos os âmbitos da sociedade promovem ações e divulgam mensagens sobre a temática, e nas escolas do estado do Paraná não foi diferente. Ainda mais considerando o período de pandemia, em que muita gente está há bastante tempo sem sair de casa e ver amigos e professores.

Em Ivaí, por exemplo, o pessoal do Colégio Estadual Arthur da Costa e Silva idealizou a atividade baseado na demanda dos próprios alunos, como conta a diretora Margareth Grabicoski. “O projeto veio não só na onda das campanhas do Setembro Amarelo, mas principalmente para ajudar nossos alunos que não estavam com ânimo para as atividades. Serviu para motivar todo mundo após tanto tempo sem contato físico”.

Por lá, a ação consistiu em os professores pedirem atividades que tratassem do tema. “Foram pedidos trabalhos escritos e gravações em vídeo, aí montamos um perfil no Instagram para postarmos todas as atividades relacionadas ao Setembro Amarelo. Entre os professores, também, cada um fez de casa um vídeo para os alunos”, completa Margareth, dizendo que a distância e a saudade entre todos é o que mais motivou.

A diretora comenta que no dia 06 de outubro vai acontecer o encerramento da atividade. “Os professores criaram um formulário para ser respondido pelos alunos a partir do oitavo ano. Uma psicóloga vai analisar os questionamentos todos enviados pelos estudantes e finalizaremos o projeto com essa ‘conversa’ com a psicóloga, e também abrindo para mais perguntas”. Margareth afirma que a ação foi bem recebida pelos alunos. “Todos amaram, e deu um ânimo neles, até por a demanda ter surgido dos próprios alunos. Todo mundo ficou muito feliz com o incentivo”, conclui.

Outra ação que chamou a atenção para o Setembro Amarelo aconteceu em Campo Mourão, por meio do Núcleo Regional. A chefe do NRE, Ivete Keiko Sakuno Carlos, conta que a atividade aconteceu no domingo, dia 13 de setembro. “O Núcleo e o Espaço Sou Arte fizeram uma live com escolas da região, e contamos com a participação de profissionais da fisioterapia, nutrição e neuropsicologia, cada um sobre a área de atuação nestes tempos de pandemia”.

Além das palestras, a atividade contou com sorteio de brindes e apresentações artísticas, em que os próprios alunos da rede pública foram parte do elenco. “O Espaço Sou Arte começou como uma escola e ao longo do tempo, com aperfeiçoamento e investimento, focou na arte circense, teatro e dança, sempre com componentes vindos da rede pública”, reforça Ivete. “Foi tudo muito bonito, interessante e interativo”.

Veja Também
Divulgação
 
 
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
E-mail: comercial@informepolicial.com - reportagem@informepolicial.com
Nota: As matérias assinadas são de responsabilidade de seus autores.
© Informe Policial 2008 - 2020 - Todos os Direitos Reservados