O portal de notícias do norte pioneiro Ribeirão Claro volta a ter coleta seletiva de lixo
Clima em Ibaiti-PR
19ºC MAX   12ºC MIN
PRINCIPAL
NOTÍCIAS

Ribeirão Claro volta a ter coleta seletiva de lixo
Da Assessoria
18.JULHO.2018

Uma das prioridades da gestão do prefeito Mario Augusto Pereira, o programa de coleta seletiva do lixo descartado pelas residências foi reativado no município. As ações que levaram ao reinício da coleta seletiva foram coordenadas pela Secretaria de Turismo e Meio Ambiente, com o objetivo de que o município voltasse a ser referência na destinação de resíduos, uma das marcas alcançadas durante as gestões anteriores do chefe do executivo.

A readequação começou com a regularização das licenças ambientais do aterro sanitário e usina de reciclagem junto ao Instituto Ambiental do Paraná (IAP). A engenheira ambiental Daiane Palmonari foi contratada para prestar orientação, acompanhamento e manutenção de todo processo de reimplantação.

Também faz parte da rotina de trabalho da engenheira a assessoria da Cooperativa de Catadores de Recicláveis de Ribeirão Claro (Cotrari), que tem Karine Gonçalves como presidente. A cooperativa recebeu todo o apoio da prefeitura para assumir a triagem do lixo recolhido no município. O prefeito autorizou a aquisição de novos equipamentos para a preparação do material reciclável para armazenamento e comercialização.

Para facilitar o trabalho da cooperativa e uma melhor utilização do aterro sanitário e usina de reciclagem, uma campanha de conscientização está sendo promovida nas escolas, através de carro de som e dos canais oficiais de comunicação da prefeitura. O objetivo é que a população faça a separação entre o lixo orgânico e o material reciclável, este último com recolhimento agendado para todas as terças e quintas-feiras.

Uma reunião entre a secretária de Turismo e Meio Ambiente, Larissa Fonteque, a engenheira ambiental, Daiane Palmonari e os integrantes da Cotrari, ocorrida no final de junho, ajustou os últimos detalhes para o reinício das atividades. "Todo o início de uma empresa é difícil, mas trabalhando corretamente o resultado virá", afirmou a engenheira.

De acordo com a cooperada Daiane Cristina Caetano Maia, o início do trabalho conta com o apoio da prefeitura e os integrantes da cooperativa estão animados com a possibilidade de geração de renda. "É a realização de um sonho que nós temos lutado por quase três anos", lembra. "Pedimos para a população que nos ajude fazendo a separação do lixo para a coleta nas terças e quintas", finalizou.  

 
 

 

 

Comentários

comentários

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
E-mail: comercial@informepolicial.com - reportagem@informepolicial.com
Nota: As matérias assinadas são de responsabilidade de seus autores.
© Informe Policial 2008 - 2018 - Todos os Direitos Reservados