O portal de notícias do norte pioneiro Moradores bloqueiam estrada em protesto por morte de trabalhador rural em Pinhalão
Clima em Ibaiti-PR
30ºC MAX   18ºC MIN
PRINCIPAL
NOTÍCIAS

Moradores bloqueiam estrada em protesto por morte de trabalhador rural em Pinhalão
Corpo de morador foi encontrado na estrada com sinais de atropelamento
por Redação InformePolicial
09.MARÇO.2018

Moradores bloqueiam estrada rural em Pinhalão (WhatsApp InformePolicial)

A morte de um trabalhador rural ocorrida na última segunda-feira (05), No Bairro Caninha do Vale entre Pinhalão e Tomazina provocou uma manifestação de moradores na tarde desta quinta-feira (08).

Segundo boletim de ocorrência registrado pela Polícia Militar, funcionários de uma empresa que estão fazendo o corte de eucaliptos na região encontraram o corpo do homem em óbito na estrada.

O IML foi até o local juntamente com policiais. 

A vítima, nome e idade não divulgados,  encontrava-se com sinais de atropelamento. 

Segundo informações, o homem teria sido atropelado por um caminhão que presta serviços para a empresa Klabin de Telêmaco Borba.

Na tarde desta quinta-feira, os moradores bloquearam a estrada rural por onde passam os caminhões impedido o tráfego de veículos. Segundo um morador, que pediu para não ser identificado, o bloqueio deverá continuar até que a empresa divulgue o nome do motorista que causou o atropelamento.

A Polícia Civil esteve no local. Segundo o delegado de Tomazina, Isaias Fernandes que esteve conversando com os manifestantes, a Polícia Civil iniciou as investigações tão logo foi notificada do acidente. O delegado disse que já foi instaurado um inquérito policial e que tem 30 dias para concluir as investigações com a indicação da autoria.

Segundo o delegado, após o fato investigadores realizaram o levantamento do local e o laudo deverá ser concluído nos próximos dias. “Teremos diligencias complementares com análise do sistema de rastreamento dos caminhões da prestadora de serviços que já foi identificada”, disse Isaías. “Estamos formalizando o levantamento de local com vestígios que foi um dos caminhões causadores da morte da vítima”, disse.

O delegado falou ainda que existe a possibilidade de que o motorista tenha provocado o atropelamento e não tenha percebido e também há a hipótese que o condutor tenha fugido do local sem prestar socorro à vítima.

Um dos motoristas da empresa, que foi o primeiro a avistar o corpo da vítima e que acionou a policia será ouvido pela Polícia Civil. Também serão ouvidos todos os funcionários que trabalhavam no local no dia do acidente.

Sobre o protesto dos moradores o delegado explicou que é um direito legal do cidadão fazer manifestações de forma pacífica. Se a empresa entrar com ação judicial de reintegração de posse, a polícia deverá cumprir a ordem judicial. O delegado afirmou que neste momento, ainda no início das investigações, este tipo de manifestação com bloqueio de estrada,  não é a melhor forma da população ajudar a polícia no trabalho de apuração dos fatos.

 

FOTOS
 
 

 

 

Comentários

comentários

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
E-mail: comercial@informepolicial.com - reportagem@informepolicial.com
Nota: As matérias assinadas são de responsabilidade de seus autores.
© Informe Policial 2008 - 2018 - Todos os Direitos Reservados