O portal de notícias do norte pioneiro Econorte retoma cobrança de pedágio em Jacarezinho
Clima em Ibaiti-PR
33ºC MAX   21ºC MIN
PRINCIPAL
NOTÍCIAS


Econorte retoma cobrança de pedágio em Jacarezinho
Redação
06.DEZEMBRO.2018
A concessionária Econorte retoma na madrugada desta quinta-feira (6) a cobrança da tarifa na praça de pedágio de Jacarezinho. A cobrança havia sido suspensa no final de novembro em razão de uma liminar que determinou o fim do pedágio em Jacarezinho e a redução de 26,75% nos valores praticados nas praças de Jataizinho e Sertaneja. 
 
Nesta semana, porém, o TRF-4(Tribunal Regional Federal da 4ª Região), de Porto Alegre, suspendeu a liminar e as tarifas voltam a ser aplicadas nos valores já praticados anteriormente. 
 
Em Jacarezinho, a tarifa para automóveis é de R$ 20,30. O valor cobrado em Jataizinho volta a ser de R$ 22,00. Já em Sertaneja, a tarifa será retomada em R$ 18,90. A assessoria de imprensa da Econorte informou que, com a suspensão da liminar, a concessionária não pretende reativar a praça de pedágio de Cambará. 
 
REAJUSTE 
Os contratos do governo do Estado com as seis concessionárias de pedágio preveem reajuste anual das tarifas em 1º de dezembro. Porém, os novos valores ainda não foram divulgados. 
 
Conforme nota do DER-PR (Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná), o reajuste é baseado em um cálculo composto por índices divulgados pela FGV (Fundação Getúlio Vargas). Porém, os números só foram apresentados no dia 27 de novembro. 
 
As seis concessionárias já protocolaram os cálculos das novas tarifas. Conforme a assessoria, o DER-PR analisou os valores apresentados pelas empresas Ecocataratas, Ecovia, Viapar e Rodonorte e encaminhou os índices para a Agepar (Agência Reguladora do Paraná) responsável por homologar o reajuste. Os valores não foram divulgados. 
 
Após verificar inconsistências, o DER-PR solicitou a revisão dos cálculos para as empresas Caminhos do Paraná e Econorte. O novo valor apresentado pela Caminhos do Paraná deve ser encaminhado nesta quarta-feira a Agepar. Já a Econorte não havia apresentado o novo cálculo até o final da manhã desta quarta. A assessoria da Agepar não foi encontrada para comentar sobre a data de aplicação dos reajustes.
 
Com informações Viviani Costa/Folha de Londrina
 
 

 

 

Comentários

comentários

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
E-mail: comercial@informepolicial.com - reportagem@informepolicial.com
Nota: As matérias assinadas são de responsabilidade de seus autores.
© Informe Policial 2008 - 2018 - Todos os Direitos Reservados